Lágrimas

por Thiago Morelli

Os 10 encontros de águas mais belos do mundo

Há uma semana eu chorei junto com uma paciente. Não foi a primeira vez que aconteceu. Eu não estava bem, me sentia angustiado desde o começo da manhã.
Ela começou a contar que não sabia mais o que fazer pra controlar a pressão arterial. Que sua pressão dava “saltos”, sem explicação. Já estava usando quatro classes de anti-hipertensivos. Jurava que não colocava nada de sal na comida. Queria ser encaminhada ao cardiologista. E eu, cansado por causa da demanda grande de pacientes do dia e angustiado por questões da vida, já estava preparando o encaminhamento.
Durante a residência costumava deixar um bilhete colado no computador que dizia “o que está por trás daquela queixa?”. Pra não esquecer. Pra nunca esquecer. Não sei bem o motivo, mas lembrei desse bilhete. Juntei o que me restava de forças daquele dia de coração nublado, com o toque sincero das mãos e resolvi perguntar: “Quando a senhora começou a sentir isso?”
– Há seis meses.
– E o que aconteceu nessa época…?
Bastou. O choro começou. O marido tinha morrido. Batia diariamente nela. E ela se sentia culpada por ter ficado feliz dele ter partido. Eu comecei a chorar junto. Conversamos bastante. Com aquelas lágrimas a minha angústia e a dela estavam indo embora.
Essa semana ela voltou. Pressão mais controlada, sem picos. Eu pedi desculpas, estava envergonhado. Sentimento associado aos professores que diziam que era errado ter esse tipo de relação com os pacientes. Ela disse que não precisava me desculpar, que desde a morte dele não conseguia chorar e que conversar sobre isso tinha feito muito bem pra ela. Que aquele meu “choro solidário” tinha sido muito significativo.
Não ensinam na faculdade de medicina, mas cada vez mais, trabalhando na atenção primária, acredito que as lágrimas represadas pesam no corpo. E viram pressão alta, dor no pescoço, na coluna, cabeça…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s