Por Vinicius Oliveira Fernandes, residente de Medicina de Família e Comunidade

Hoje recebi uma paciente que esteve na unidade semana passada. Ela já havia recebido do médico do convênio o diagnóstico de sífilis primária. Veio na primeira consulta apenas para pegar a receita do tratamento e fazer a notificação na UBS.Veio dessa vez com o marido, a nosso pedido, para que este pudesse ser tratado tambem. Uma consulta rápida, apenas uma rápida anamnese e, ao fazer a receita, pensei em voz alta: -Nossa, já estamos em junho e nada aconteceu. Todos riram, agradeceram e rapidamente foram embora. Voltei iimediatamente para a rotina, renovando as receitas dos pacientes que não poderiam vir a unidade, e pra minha surpresa, alguns segundos depois S. retornou para a sala.- Doutor, eu fiquei agora pensando nisso que o senhor disse sobre não ter acontecido nada. Queria dizer pra você não pensar assim; você está aqui conosco, ajudando todos os dias pessoas que precisam muito de você. E sei que você está fazendo muita diferença pra essas pessoas. Nada até agora foi em vão. Você ajuda muitas pessoas apenas estando aqui.Mesmo de mascara, eu conseguia ver seu sorriso.Não estava preparado pra isso. Imediatamente mudei minha atitude- Você tem razão S. Tudo acontece por um motivo.Agradeci pelas palavras. Apesar de não nos abraçamos, pude sentir o carinho que ela direcionou a mim naquele momento.Mal sabia S. que quem estava me ajudando era ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s