ERA BOM UMA RESSONÂNCIA, NERA?

 

ressonancia-magnetica

Por Arthur Fernandes

Seu E., de 69 anos, chegou acompanhando a esposa. “Ela primeiro, mas depois eu tenho umas coisas, viu, doutor!”. Seu E. trouxe a lista de compras: queria um exame das costas, porque nunca fez; repetir os exames de sangue, porque tinha que fazer de 6 em 6 meses; queria repetir o exame da próstata, porque fazia há 20 anos e ainda queria dar uma olhadinha na pressão (já tinha aferido em casa, mas… só por via das dúvidas).
– Ô seu E., me diga uma coisa, o senhor fazia exame de sangue de 6 em 6 meses por quê?
– Ah, doutor, é porque eu doava sangue desde 1980. Fazia exame de 3 em 3 meses. Já ganhei medalha e tudo do HEMOPE, era super querido lá. Aí depois apareceu a pressão alta e fiquei sem doar, sem ver meus exames. Aí de 6 em 6 meses agora eu venho aqui pedir, pra saber como tão as taxas, né?
– Entendi. Mas tem alguma coisa que lhe aperreia nas taxas?
– Não, minha gordura do sangue deu boa da última vez. O senhor sabia que até um dia desses eu tinha a barriga durinha?
– E era?
– Era, rapaz. Digaí! Mas a idade chega, né? Tem que dar uma amolecida kkk
– kkk Todo mundo chega nessa etapa uma vez, né? E sobre a próstata? Tem alguma coisa que lhe aperreia? Alguém da família já teve problema nela?
– Não, não. Meu pai e meu avô morreram de velhos mesmo. Meu avô chegou aos 101, o senhor acredita? Mas meu último PSA deu bom. E a outra doutora daqui já fez até o toque e tava tudo bom também.
– Que coisa boa! Agora é o senhor que tem que trabalhar pra chegar lá, né? Já que deu tudo bem, queria lhe dizer que o senhor pode se livrar dessas furadas pra tirar sangue tanto assim. Não vai mais precisar e eu queria lhe explicar o porquê. (…)
– E a dor nas costas, doutor? Era bom uma ressonância pra ver tudo, né? Nunca fiz, aí apareceu essa dor…
– Pois é. Era bom uma ressonância… Mas o senhor deixa eu ver primeiro?
– Deixo. (depois de algumas manobras…)
– O senhor acredita que eu descobri o que é que tá causando a dor?
– Oxe, pois me conte. Mas num me conte só não, me conte e me passe um remedinho kkk
– kkk Conto. Essa dor vem de umas posições ruins dos músculos. (…)
– Então não tem precisão de me preocupar com a ressonância? É só fazer esses exercícios, evitar mau jeito e tomar esse remédio se doer muito?
– Pois é! O senhor hoje economizou umas furadas e uma ressonância. Ainda ganhou uns exercícios. Num foi bom?
– Foi, mas eu vou guardar o remédio, viu. Minha velha já tá pesada pra mim, de vez em quanto a coluna aperta por isso também kkk
– Não tem problema kkk
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s