Quebra-cabeças…

523722_428463463860123_938849172_n

 

Por Lucas Gaspar Ribeiro

     A.C., paciente de 74 anos, 4 infartos agudos do miocárdio e 2 acidentes vasculares cerebrais prévios, mas pasmem… sem nenhuma sequela desse quadro! Contudo sua valvopatia começou a demonstrar sinais de complicação, fora para a mesa cirúrgica no final de agosto, às pressas, teve uma parada cardiovascular no intra-operatório, fez correção valvar e ponte safena. Ufa, saiu vivo. Dias depois, sofre novo AVC, mas agora ficou com sequelas motoras a esquerda (entrou no hospital apenas com uma dorzinha no peito e saiu acamado, o que se passa na cabeça dele??).

Mais de um mês internado, feridas operatórias complexas, infecção hospitalar, diversos antibióticos…

Volta para casa, “mudou-se” do quarto para a sala, do banheiro de dentro para um puxadinho na garagem. “É mais fácil doutor, assim a cadeira de rodas entra e sai”, conta a esposa…

A.C está cabisbaixo, fala pouco, mais deitado…. Entristecido…

– Imagino, com tudo o que ocorreu, é muito difícil voltar novo não?…

Esposa reclama – Doutor, ele não dorme, fica agitado a noite, quer levantar, fica me atrapalhando. Será que não tem um remedinho para ele sossegar. Lá no hospital eles davam um remedinho….

E eu sei bem qual é esse remedinho e como deve ser cansativo para ele, para a senhora, para todos essa agitação do novo acamado né.. De repente, está preso o A.C., sem nem poder ir ao banheiro sozinho…, sem gastar toda sua energia, sem ver outros rostos, outras pessoas, quem não perderia o sono??

Ofereço um remedinho um pouco diferente do que ela queria, que vai ajudar a acalmar quando estiver confuso, desorientado… mas não todos os dias… por favor..

A equipe olha tudo aquilo, vê e não faz nada, além de curativos e orientações.. como são técnicos, como tem o olhar pra ferida.. mas a ferida não está na pele gente, a pele apenas está mostrando algo mais a fundo…

Voltei 15 dias após, infelizmente não pude ir na semana seguinte. Já dormia melhor, estava mais, calmo, conseguia sentar na cama. Olha que beleza, mais ativo.. menos cabisbaixo.

Colocaram 2 quebra-cabeças na mesa da garagem.

Logo falo:Vamos montar, vamos treinar essa mão parada, vamos sair dessa cama… Com ajuda, aos poucos.. dia a dia.. o sorriso irá voltar… disso eu tenho certeza..

Porque montar quebra cabeças também é algo técnico, da saúde.. da recuperação, do passatempo da alegria do A.C…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s