Claudete

Como-emagrecer-sem-tomar-remedio

Por Marina Galhardo

    Falava sem parar, ansiosa de si e do outro. As dores no corpo todo lhe afligem mais por não ter explicação, nem perspectiva.
   Alguém disse que um tipo tal do seu colesterol estava alto demais e que aquilo era grave e ela podia ter outra parada cardíaca se não tomasse o tal remédio, que ela não podia comprar. Agarrou na esperança de uma nova opinião.
   A verdade é que não tinha dinheiro, nenhum ou muito pouco. Pôs-se a falar dos porquês de sua recente miséria. O marido tinha câncer. É, a vida era cheia de atropelamentos e emaranhamentos que mal sabia contar.
   Os olhos arregalavam sozinhos com frequência de um tique-taque, eu fingia não notar. Era um tique que se exacerbava na ânsia de ser ouvida, como nunca antes.
   Falei suave e baixo, bem devagar, para diminuir a ansiedade dela e não tomá-la para mim. É um controle imenso isso. Não Dona Claudete, a senhora não vai precisar tomar esse remédio, não.
   O tique diminuiu um pouco, ela se justificou novamente, como se pedisse perdão por não ter dinheiro. E a gente fica nesses momentos pensando o que é que faz com essa pobreza tão pobrezinha, que nem sabe que a culpa não é dela exatamente.
   Insisti, não precisa não, não vai adiantar de nada, vou só te explicar algumas coisas da alimentação para que isso melhore, e a senhora vai fazendo como der, aos pouquinhos.
Ela sorriu, aliviada. Saiu curada – e sem remédio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s